CRISE NA SAÚDE| CREMEPE E SIMEPE FAZEM BLITZ NA REDE DE SAÚDE DO ESTADO DE PE E ENCONTRAM O CAOS

3 Flares Filament.io 3 Flares ×

Por Noelia Brito

Blitz do CREMEPE e do SIMEPE flagram as condições degradantes em que são atendidos os pacientes que precisam se socorrer na Rede Estadual de Saúde em Pernambuco, desmascarando as falácias do governador Eduardo Campos de que seus modelo de gestão é exemplar.

Captura de Tela 2013-11-22 às 08.06.06

No PROCAPE, que deveria ser um Hospital de referência em atendimento de pacientes com problemas cardíacos, estes precisam ser alojados nos corredores porque apesar de contar com apenas 33 leitos, no dia da blitz, a unidade abrigava 89 pacientes internados.
Captura de Tela 2013-11-22 às 08.05.51
Captura de Tela 2013-11-22 às 08.28.30
No Hospital Agamenon Magalhães, a emergência cardiológica também se encontrava lotada e com paciente internados nos corredores. Outros ficavam internados em cadeiras de rodas, como mostram as fotos divulgadas no Relatório das entidades médicas pernambucanas.
Captura de Tela 2013-11-22 às 08.06.45
Já no principal hospital de atendimento emergencial do Estado, o Hospital da Restauração, o CREMEPE e o SIMEPE encontraram situação alarmante. Além do excesso de paciente, mofo e instalações elétricas em péssimas condições, obrigando os profissionais que ali trabalham a ter que escolher entre ligar o respirador ou o monitor. Os acompanhantes dos pacientes têm que dormir no chão. Faltam medicamentos como Tramal e Quelicim.
Captura de Tela 2013-11-22 às 08.07.33 Captura de Tela 2013-11-22 às 08.07.24
Há 15 dias o número de internos na unidade de Traumatologia chegava a 57 pacientes, quando a capacidade máxima é de 23 pacientes. No dia da blitz, os representantes da unidade médica encontraram 29 pessoas internadas.
Captura de Tela 2013-11-22 às 08.41.02
Na Sala Vermelha, da Clínica Médica, a capacidade de internação é de 14 leitos. No dia da blitz havia 11 pacientes internados, dos quais 8 em ventilação, ou seja, segundo o Relatório, esse 8 pacientes deveriam estar na UTI. Além disso, no local só havia uma pia e ainda assim, sem sabão líquido. Alguns desses pacientes estavam ali internados há mais de 10 dias, quando o recomendável é que a internação se dê pelo menor tempo possível, afirma o relatório.
Captura de Tela 2013-11-22 às 08.47.01
A conclusão final do relatório, que pode ser acessado no link abaixo:
 
Fonte: noeliabritoblog.blogspot.com.br/2013/11/cremepe-e-simepe-desmascaram-politica.html?spref=fb
slide-5-1024

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

50a4430a-b3e8-436c-a8ff-c968e0401342